Como evitar a prisão de ventre na gravidez e ter uma gestação mais tranquila

Encarar uma gravidez é um grande desafio para o corpo da mulher. Em meio a tantas mudanças que o organismo precisa enfrentar para gerar uma vida, podem aparecer algumas questões, como o desconforto no sistema digestivo.1,3

Mas sabemos que a futura mamãe já precisa lidar com muita coisa, e a prisão de ventre na gravidez não precisa ser um problema. Veja o que pode causar constipação nesse momento e o que pode ser feito para você se sentir melhor.

Como a gravidez afeta seu sistema digestivo?

Ter prisão de ventre na gravidez é algo comum, pelo menos metade das grávidas vai ter constipação em algum momento da gestação. Entretanto, esse distúrbio tende a ser mais problemático em mulheres que já tinham propensão à prisão de ventre antes de engravidarem.1,2 Aqui estão alguns fatores que podem ser responsáveis por seu desconforto:

Alterações hormonais comuns em gestantes podem levar à constipação

Durante a gravidez, seu corpo está se expandindo, evoluindo e produzindo uma quantidade maior de hormônios. O aumento dos níveis de progesterona e a redução dos níveis de motilina durante a gravidez levam a um maior tempo de trânsito intestinal e também maior absorção de água pelos intestinos, o que faz com que as fezes sequem e endureçam, tornando a evacuação mais difícil. Esses efeitos colaboram para a desaceleração do trânsito fecal e o aparecimento da constipação.2,3

Mudanças físicas que podem resultar em prisão de ventre na gravidez

No final da gravidez, a expansão do útero pode aumentar a pressão sobre os intestinos. Como resultado, os intestinos podem precisar de mais tempo para fazer a digestão, causando incômodo ligado à prisão de ventre. Durante esses momentos, as mulheres estão sujeitas a dor ou desconforto abdominal, movimentos intestinais difíceis e pouco frequentes e passagem de fezes endurecidas. Esses são sinais habituais de prisão de ventre3.

Mudanças na dieta durante a gestação e sua relação com a prisão de ventre

Se você está grávida ou planejando engravidar, seguir uma dieta saudável e equilibrada é uma das melhores coisas que você pode fazer por si mesma e por seu filho. Muitas mulheres mudam seus hábitos nutricionais, param de fumar e suspendem o consumo de álcool quando engravidam. Além disso, vale ficar ainda mais atenta a alguns alimentos que podem aumentar a prisão de ventre, incluindo laticínios ou carne vermelha. Muitas vezes, os profissionais de saúde prescrevem vitaminas e suplementos pré-natais, como ferro e cálcio, que também podem causar a constipação.2

Caso você tenha algum sinal de intestino preso, possivelmente resultante de uma mudança nos seus hábitos nutricionais, consulte o médico.

Qual é o efeito da gravidez sobre seu corpo?

A gravidez traz muitas mudanças para o corpo da mulher, incluindo alterações hormonais e um útero em crescimento, que pressiona o intestino nos estágios finais da gravidez. A prisão de ventre na gravidez é um resultado muito comum de todas as mudanças encaradas nesse período3.

Saiba mais sobre o que acontece com seu corpo durante a gravidez:

Algumas dicas para ajudar com a constipação durante a gravidez

Um caminho para se sentir melhor e tentar aliviar os incômodos da prisão de ventre na gravidez é tentar mudar algumas coisas na sua rotina. E não estamos falando de mudanças bruscas. Pequenas atitudes podem fazer a diferença e ajudar a minimizar o desconforto. Veja algumas sugestões simples1:

Conjunto de soluções para constipação Dulco®

Os produtos Dulco® estimulam o movimento intestinal natural do intestino com alívio previsível para a constipação6. Assim, você pode se sentir livre e revigorado de novo!


Saiba mais com Dulco®

A prisão não tem uma única causa5. Sabemos o quão frustrante e estressante esse momento pode ser e estamos prontos para te ajudar a identificar e prevenir as causas da prisão de ventre.

    1. American Pregnancy Association. Constipation in Pregnancy. 2020. https://americanpregnancy.org/healthy-pregnancy/pregnancy-health-wellness/constipation-during-pregnancy-964/

    2. Harms RW. Mayo Clinic guide to a healthy pregnancy. 2011. Mayo Foundation for medical education and research.

    3. Trottier M, Erebara A, Bozzo P. Treating constipation during pregnancy. Can Fam Physician. 2012 Aug;58(8):836-8.

    4. How Is Stress Linked With Constipation? 12 Nov. 2019, www.medicalnewstoday.com/articles/326970

    5. Mayo Clinic 2019 https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/constipation/symptoms-causes/syc-20354253

    6. Dulcolax Comprimidos. Bula do Produto. Sanofi.

    DULCOLAX® (bisacodil). Indicação: casos de constipação intestinal, no preparo para procedimentos diagnósticos, no pré e pós-operatório e em condições que exigem uma evacuação facilitada. MS 1.8326.0401. DULCOLAX® GOTAS (picossulfato de sódio). Indicação: para o tratamento da constipação e para facilitar a evacuação intestinal. MS 1.8326.0476. O USO DO MEDICAMENTO PODE TRAZER ALGUNS RISCOS. Leia atentamente a bula. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.